Faturamento da mineração cai 11% em Minas Gerais

February 4, 2015

O ano de 2014 foi de recessão para a indústria mineira, que registrou queda de 6,22% no faturamento, 3,28% nas horas trabalhadas e 1% no nível de emprego em relação a 2013, segundo a pesquisa Indicadores Industriais da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). O setor automotivo foi o que teve maior queda no faturamento, seguido do segmento extrativo mineral que perdeu cerca de 11,3%.

 

A indústria mineral foi obrigada a aumentar a produção, para compensar a diminuição do valor de venda, o que acarretou no aumento das horas trabalhadas em 1,72%. O preço do minério de ferro entrou em colapso no ano passado, com os três principais produtores mundiais Vale, Rio Tinto e BHP Billiton aumentando a produção, ao mesmo tempo em que a demanda chinesa não acompanhou o aumento da oferta.

Quatro dos cinco principais segmentos da indústria mineira tiveram queda de faturamento real no ano passado. O desempenho ficou abaixo da média nacional na comparação com 2013 e foi o pior desde 2009.

O setor de veículos automotores apresentou a maior perda de faturamento, de 18,5%, e de acordo com levantamento da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), teve diminuição de 7,1% nas vendas e 15,3% na produção de veículos entre 2013 e 2014.

Um dos poucos setores que cresceram em 2014 foi o de produtos químicos, cerca de 24,48% em comparação com o ano anterior. Ainda assim, para 2015, a expectativa é de pessimismo para os empresários.

“O cenário mundial para a mineração não será bom nos próximos anos”, disse o presidente do Conselho de Política Econômica e Industrial da Fiemg, Lincoln Gonçalves Fernandes.

Ele afirma que, devido à inércia na mudança de um ano para o outro, os resultados de 2015 já estão definidos e não há grandes expectativas de melhora para a indústria mineira. A partir de agora, os esforços governamentais só deverão trazer resultados em 2016.

“Vai ser necessária a elaboração de uma política vigorosa de investimentos em infraestrutura. No atual contexto, essa é a única alternativa para atrair novos investidores com mais capital estrangeiro para o país. Precisamos melhorar estradas, portos e aeroportos e temos condições para isso”, diz ele. 

Please reload

Featured Posts

Gerências da ANM se Manifestam

October 16, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags