Vale afirma que oferta global de minério de ferro continuará crescendo

February 4, 2015

As grandes produtoras de minério de ferro adicionaram 234 milhões de toneladas à oferta mundial da commodity nos últimos dois anos e estão bem posicionadas para aumentar esse número até 2020. A declaração foi feita pelo diretor-executivo de Ferrosos da Vale, Peter Poppinga, durante uma conferência do setor.

 

 

 

Segundo o executivo, essas 234 milhões de toneladas são parte das 430 milhões de toneladas que mineradoras globais, incluindo Vale, Rio Tinto e BHP Billiton, devem acrescentar à oferta global até 2020. "Há um excesso de oferta e haverá uma correção de mercado", disse Poppinga.

O Goldman Sachs Group também afirmou, na semana passada, que o excesso de oferta global de minério de ferro deve aumentar. Segundo o banco, o excesso de oferta deve passar de 47 milhões de toneladas neste ano para 260 milhões de toneladas em 2018. O banco prevê que o preço da commodity ficará em torno de US$ 66 por tonelada em 2015, ante uma estimativa anterior de US$ 80.

Os preços do minério de ferro no mercado à vista da China fecharam o mês de janeiro com a maior queda desde maio de 2013. De acordo com dados compilados pela Steel Index, os preços do metal acumularam perda de 13,3% em janeiro, após caírem 47% no ano passado.

A commodity vem sofrendo quedas em meio às preocupações de que as produtoras de baixo custo impulsionem a oferta, ao mesmo tempo em que há uma desaceleração da demanda pela China.

Os números de produção da Vale poderão ser conferidos no relatório de resultados referente ao quarto trimestre de 2014. A mineradora informou, que o documento será divulgado no dia 19 de fevereiro, antes da abertura dos mercados. Na semana seguinte, em 26 de fevereiro, a Vale vai divulgar o relatório financeiro e realizar duas conferências telefônicas e webcasts.

Please reload

Featured Posts

Gerências da ANM se Manifestam

October 16, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags