Sondagem inicial de projeto de ouro em Goiás é marcada para agosto

A Orinoco Gold informou, que vai iniciar em agosto a campanha de sondagem adamantada na mina de ouro Sertão, que faz parte do projeto polimetálico Faina Goldfields, em Faina (GO). A mineradora australiana formou uma equipe de profissionais que vai se dedicar exclusivamente aos trabalhos de sondagem.

 

 

 

A campanha de sondagem adamantada será composta por 3,2 mil metros, 23 furos e tem o objetivo de confirmar a continuidade da mineralização do prospecto Sertão. As informações são de comunicado enviado ao mercado nesta quarta-feira.

Sertão fica a aproximadamente 28 quilômetros da mina de ouro Cascavel, que é o carro-chefe da Orinoco e também faz parte de Faina Goldfields. A campanha de sondagem vai testar as extensões já conhecidas pela mineradora e estabelecer a profundidade e continuidade do corpo mineral da mineralização de ouro alto teor em uma área que foi operada pela Troy Resources de 2003 a 2005.

“Nós sempre vimos Sertão como uma oportunidade empolgante de crescimento regional e possível fonte de minério de alto teor no futuro para alimentar nossa operação em Cascavel. Também tem um papel importante em termos de logística, sob o nosso plano original de instalar a planta de processamento de gravidade lá, apesar de que isso mudou agora”, disse Mark Papendieck, diretor administrativo da Orinoco.

O grupo de exploração criado especialmente para a sondagem de Sertão tem como objetivo principal definir os recursos minerais no padrão Jorc e os alvos de exploração para a realização de um estudo conceitual. A equipe também será responsável por avaliar prospectos de ouro brownfield adjacentes ao corpo mineral da mina Cascavel, como os prospectos Garimpo e Cuca.

Segundo a Orinoco, o grupo de exploração vai ainda avaliar oportunidades para garantir projetos de ouro em fase de exploração avançada, com o objetivo de expandir o portfólio da mineradora. A equipe também será responsável por avançar nas negociações com parceiros para a exploração dos alvos greenfield Tinteiro, Eliseo e Charuto.

A campanha de sondagem de Sertão será formada por duas etapas. Na primeira, a Orinoco pretende abrir 13 furos de sondagem para uma área total de 2.105 metros, com um espaçamento de 100 metros entre os furos. A segunda etapa será composta por oito furos em uma área de 650 metros, com espaçamento de 50 a 125 metros. Um furo mais profundo está programado para checar a extensão da mineralização do principal corpo.

A mina de Sertão pertencia à Sertão Mineração, que era uma joint venture entre Troy Resource e Amazonas Mineração. O ativo entrou em operação em 2001 e produziu aproximadamente 230 mil onças de ouro, com uma média de 29 gramas de ouro por tonelada, até o fechamento em 2005.

Please reload

Featured Posts

Gerências da ANM se Manifestam

October 16, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags