Grupo de mineração aporta R$ 350 mi no RS

August 7, 2015

O grupo de mineração australiano Aguia Resources vai instalar uma mina para exploração de fosfato no Rio Grande do Sul, com investimento inicial de US$ 100 milhões (cerca de R$ 350 milhões, na cotação atual).

A usina, localizada em Lavras do Sul, distante cerca de 300 quilômetros de Porto Alegre, terá capacidade para gerar 500 mil toneladas de rocha fosfática ao ano.

 

"Nosso objetivo é atender o mercado brasileiro, que hoje importa cerca de 50% do fosfato usado em fertilizantes agrícolas", afirma Fernando Tallarico, diretor da Águia Metais, subsidiária do grupo australiano no Brasil.

 

Mais da metade dos aportes serão destinados à aquisição de maquinários.

 

"Alguns equipamentos serão importados, mas a indústria nacional nesse setor [de mineração] também é bem desenvolvida", diz.

 

Além da exploração do minério, o grupo estuda verticalizar a produção e atuar com outros componentes usados na fabricação de adubos.

 

Com isso, os investimentos no local poderiam alcançar os US$ 200 milhões (aproximadamente R$ 700 milhões).

 

A companhia foi fundada com a finalidade de prospectar e explorar usinas minerais no país. A estimativa é que a mina de Lavras do Sul, a primeira do grupo, entre em operação em dois anos.

 

Próximo ao município, a Aguia estuda ainda a instalação de minas de fosfato em Bagé e Dom Pedrito.

"Identificamos a presença do minério, mas ainda não quantificamos o potencial das localidades."

Please reload

Featured Posts

Gerências da ANM se Manifestam

October 16, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags