Vendas no Brasil são primordiais para Anglo mostrar capacidade de negociar ativos

April 15, 2016

O JPMorgan afirmou que a venda dos ativos de nióbio e fosfato da Anglo American terá forte influência na habilidade da mineradora de conseguir executar o programa de desinvestimentos de 2016, que prevê a venda de uma série de operações pelo mundo. Especulações do mercado apontam que South32, X2 Resources e até mesmo a Vale estariam interessadas nos ativos de nióbio e fosfato da Anglo.

 

 

Em nota ao mercado, o JPMorgan disse que a experiência da Anglo nos últimos três anos com a venda de ativos foi “decepcionante”. A mineradora espera receber até US$ 4 bilhões com a venda de ativos em 2016. A unidade de nióbio e fosfato da Anglo tem, pelo menos, 16 empresas interessadas, incluindo a South32, que é spin off da BHP Billiton, e o X2, fundo de participação societária do ex-CEO da Xstrata, Mick Davis.


O JPMorgan afirmou que os ativos de nióbio e fosfato da mineradora, em Cubatão (SP), Catalão (GO) e Ouvidor (GO), tiveram uma valorização, saindo de US$ 704 milhões para US$ 833 milhões. As expectativas da Anglo são captar em torno de US$ 1 bilhão com a negociação das operações brasileiras.

A mineradora continua com pressão no balanço e no meio de uma desconfiança de investidores e do mercado para conseguir alcançar a meta de reduzir o portfólio, com a venda de vários ativos pelo mundo, até o fim deste ano.

A unidade de níquel da Anglo, em Niquelândia (GO), também foi colocada à venda pela mineradora. O valor das operações não foi calculado pelo mercado. O ativo de minério de ferro Minas-Rio, no qual a Anglo investiu cerca de US$ 8,8 bilhões, sem contar o valor pago à MMX para adquirir o empreendimento, também pode ser negociado pela mineradora.

A intenção é que Minas-Rio tenha fluxo de caixa positivo a partir deste ano, ajustando o negócio aos preços atuais do minério de ferro. O ponto de equilíbrio da operação deve ficar abaixo de US$ 40, segundo a Anglo. Depois de três anos, então, a mineradora avalia vender Minas-Rio e, dessa forma, em conjunto com os ativos de níquel e nióbio e fosfato vendidos, a Anglo deixaria o Brasil. 

Please reload

Featured Posts

Gerências da ANM se Manifestam

October 16, 2019

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Search By Tags